segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sem arrependimentos

Dê um passo pra trás. Olhe pra você mesma. Você é humana. Você é bonita. Você é tão bonita. E você pode ser o que quiser. Você pode ser tudo o que quiser. Não odeie porque alguém quebrou seu coracão, ou porque seus pais se separaram, sua melhor amiga te traiu, seu pai te machucou, o cara da rua te chamou de gorda, feia, burra, inútil. Não se preocupe com coisas que você não pode controlar. Chore quando precisar, mas deixe pra lá quando chegar a hora. Não se prenda a lembranças dolorosas só por ter medo de esquecer. Esqueça do que ficou no passado. Esqueça do que não vale a pena lembrar. Dê valor às coisas. Dê valor à vida. Viva para alguma coisa. Viva para você. Se apaixone. Se desapaixone. Se apaixone. Se desapaixone. Faça isso várias vezes, até aprender o que é amar alguém de verdade. Questione as coisas. Diga às pessoas o que você realmente sente. Durma sob as estrelas. Crie. Imagine. Inspire. Divida algo maravilhoso. Faça algo lindo e em seguida, destrua-o. Conheça novas pessoas. Faça o dia de alguém mais feliz. Siga seus sonhos. Viva sua vida ao máximo. Viva. Deixe pra lá as coisas ruins da sua vida e viva. E um dia, quando você for velha, olhe pra trás sem arrependimentos.
(Autor Desconhecido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário