quinta-feira, 7 de junho de 2012

Para, por favor.

Está difícil de aguentar, porque você faz isso com você mesmo? 
Eu te amo tanto! Você não entende que eu tenho medo de te perder, 
de ficar sem você, você é, e sempre foi à pessoa em que eu me inspirava, 
então, por favor, PARA, para de fazer isso com você, de se machucar, 
de nos machucar! Por que eu não posso viver em um mundo onde 
você não exista.
(Gislaine Arruda)


Nenhum comentário:

Postar um comentário